Grupo de estudos

>> Amanda Dias Leite: Graduada em Artes Cênicas pela Universidade Federal de Minas Gerais e atualmente cursa o Mestrado em Artes na mesma instituição. Participou da organização do Festival Internacional de Teatro Palco & Rua de Belo Horizonte nas edições de 2012 e 2014, presidindo a Comissão de Seleção de Espetáculos Mineiros nas duas ocasiões. Desde 2010 atua como Técnica de Nível Superior da Fundação Municipal de Cultura, tendo dedicado a maior parte desse tempo ao trabalho nas áreas de fomento e incentivo à cultura. Foi membro da Comissão Municipal de Incentivo à Cultura em 2011 e, posteriormente, Chefe do Departamento de Fomento e Incentivo à Cultura da FMC.

>> Alexandre de Sena: Graduado em Licenciatura no curso de Artes Cênicas da UFMG;
Curso Profissionalizante de Ator do CEFAR (Centro de Formação Artística) da Fundação Clóvis Salgado – Palácio das Artes, em Belo Horizonte. Atualmente integra o elenco dos espetáculos “Dente de Leão” e “Congresso Internacional do Medo“, do grupo Espanca!; atua na Associação No Ato como produtor, programador visual, coordenador pedagógico e administrador de WEB 2.0 desde 2007; faz parte do coletivo “Paisagens Poéticas” e é dj desde 1999.

>> Associação No Ato: É uma organização sem fins lucrativos, formada com o intuito de contribuir com a sociedade principalmente nas ações relacionadas à cultura e educação. Seu formato de gestão é democrático e a premissa da cooperação cultural é levada a cabo. Este fato pode ser comprovado pela extensa gama de parceiros e colaboradores agregados em seus 12 (doze) anos de trabalho. Desde 1999, a associação desenvolve na cidade de Belo Horizonte o projeto FETO – Festival Estudantil de Teatro. O festival é direcionado para estudantes vinculados a instituições de ensino de todo o país, em qualquer grau de escolaridade e faixa etária. Os grupos selecionados participam do festival, quando além dos espetáculos apresentados nas praças, parques, teatros e espaços alternativos são realizados encontros, palestras, debates, oficinas. A Associação também é idealizadora e realizadora do aporta – Encontro Estudantil de Artes Cênicas e possui ampla experiência na gestão de projetos de grupos musicais, teatrais e eventos culturais, o que garante vasto conhecimento na coordenação de projetos sempre aliando caráter cultural e formativo.

>> Bárbara Bof: Sócia-fundadora da Associação No Ato Cultura Educação e Meio Ambiente, onde atua na coordenação geral dos projetos e idealizadora e coordenadora do FETO – Festival Estudantil de Teatro. Atriz, formada na Fundação Clóvis Salgado e bacharel em Gestão em Comunicação Integrada pela Pontifícia Universidade Católica/MG, integrou a comissão de seleção e júri de diferentes festivais estudantis do país. Pesquisadora em Gestão Cultural e em atividades ligadas à formação e cultura.

>> Cida Falabella: Atriz, professora e diretora de teatro, uma das fundadoras e coordenadoras da ZAP 18. Integrou a Cia. Sonho & Drama e é mestre em Artes pela EBA/UFMG. Coordenou o Curso de Teatro da Usina da Arte em Rio Branco, no Acre, e foi Conselheira Municipal de Cultura 2012/2013.

>> Cristiano Peixoto: Ator e diretor. É mestre em teatro pela UFMG e professor de teatro pelo CEFAR / Palácio das Artes. Estudou com Maud Robards (Haiti), James Slowiak (EUA), Francois Khan (França), Fernando Montes (Colômbia); Integrou os grupos "Laboratório Permanente de Ricerca sull'arte dell'attore" (Italia) e "Studium Teatralne" (Polônia) com o qual atuou no espetáculo "Czlowiek". É co-fundador do Grupo Teatro Pontífex tendo atuado nos espetáculo Caim e Abel, Moby Dick e Zênite. Dirigiu o show musical "!Evoé – música para ser vista" e fez a assistência de direção da ópera "A Menina das Nuvens" de Heitor Villa Lobos e regência de Roberto Duarte. Foi Coordenador de Eventos Especiais e Atividades Formativas do FIT-BH 2012. Atualmente, dirige o espetáculo "Adeusàmorte" com a Cia do Desassossego e trabalha com a preparação de atores de grupo de Belo Horizonte e do interior de Minas.

>> Dora Sá: Carioca, formou-se bacharel em artes cênicas no ano de 2002 na Uni-Rio e tirou o registro profissional de atriz em 1999, pelo SATED-RJ. Hoje é pós graduada em Mediação em Arte Cultura e Educação pela Escola Guignard da Universidade do Estado de Minas Gerais e Analista de Artes e cultura no Sesc em Minas Gerais, com foco na área de artes cênicas. Nessa função teve a oportunidade de participar como jurada de 2 festivais de teatro: em Brasília (DF) e Teófilo Otoni (MG); assim como, por dois anos seguidos, fez parte da comissão julgadora do Prêmio Jovens Dramaturgos, promovido pela Escola de Ensino Médio do Sesc no Rio de Janeiro.

>> Eduardo Alessandro Kawamura: Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual de Campinas e mestrado em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Exerce a função de pesquisador colaborador nestas duas instituições. Atualmente desenvolve projetos em parceria com escolas públicas relacionados aos seguintes temas: Psicologia do trabalho, Saúde Mental Relacionada ao Trabalho, Formação Docente, Violência Escolar, Metodologias de Ensino, Alfabetização e Educação pela Arte.

>> Fernanda Vidigal: Fernanda Álvares Vidigal é produtora e gestora cultural, formada em Relações Públicas na PUC/Minas com especialização em gestão cultural pela Fundação Clóvis Salgado. Sócia fundadora da Agentz Produções Culturais, empresa que desde 1999 trabalha na gestão e produção de projetos culturais . Idealizadora do Festival Mundial de Circo que acontece desde 2001 em Belo Horizonte e já percorreu 16 cidades do interior do estado de Minas Gerais.

>> Gláucia Vandeveld: Atriz, formada pela EAD, Escola de Arte Dramática da ECA/USP, com especialização em Arte-Educação pela Fundação Cóvis Salgado, Palácio das Artes. Integra o Núcleo Pedagógico do Galpão Cine-Horto, onde coordena o Núcleo de Pesquisa em Teatro para Educadores. Atriz convidada do Grupo Espanca, integra os elencos do “Congresso Internacional do Medo” e "Dente de Leão". É colaboradora do FETO/BH- Festival Estudantil de Teatro. Atriz pesquisadora do Coletivo Paisagens Poéticas, onde atua no espetáculo “A Noite Devora seus Filhos”.

>> Leonardo Lessa: Ator, integrante fundador do Grupo Teatro Invertido. Concluiu em 2004 a licenciatura em teatro pelo Curso de Artes Cênicas da UFMG. Foi integrante de 2002 a 2003 do GRUPA (Grupo de Pesquisa-prática em atuação). No ano de 2003 foi bolsista de Iniciação Científica do CNPQ com o projeto “A preparação técnica e a criação de uma dramaturgia do ator contemporâneo”. Integrou em 2000 o Oficinão do Galpão Cine Horto. Profissionalizou-se pelo Sated-MG no ano de 1999. Concluiu o Curso de Formação de Atores da Companhia de Teatro – Escola de Arte em 1998. Atualmente é Coordenador Geral do Galpão Cine Horto, centro cultural do Grupo Galpão em Belo Horizonte.

>> Narciso Telles: Ator, professor do Curso de Teatro e dos Programas de Pós-Graduação em Artes e Prof.Artes na UFU. Pesquisador CNPq/FAPEMIG. Membro do Coletivo Teatro da Margem.

>> Paulo Celestino: Ator e diretor da Cooperativa Paulista de Teatro e artista integrante do Grupo XIX de Teatro. Trabalhou em diversos projetos do poder público em São Paulo, ligados à área artístico-pedagógica. Foi organizador e curador do Universidade em Cena – Festival Nacional de Teatro Universitário da USP e participou da curadoria do FETO nos últimos três ano.

>> Reginaldo Santos: Mestre em Educação pela Faculdade de Educação da UFMG. Graduado em Teatro pela Escola de Belas Artes da UFMG. Coordenador do projeto sociocultural “Conexão Galpão” e do Programa de Ações Formativas em Teatro para educadores do Galpão Cine Horto. Coordenador da Escola de Teatro da SOBRAS / Nova Lima. Integrante do grupo musical Serelepe EBA/ UFMG.

>> Rita Gusmão: Graduada em Educação Artística pela Universidade de Brasília (1994) e Mestra em Multimeios pela Universidade Estadual de Campinas (2000). Atualmente é Professora Assistente da Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Belas Artes, Curso de Graduação em Teatro, onde participa das modalidades de Bacharelado e de Licenciatura. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Artes Cênicas, atuando principalmente nos seguintes temas: performance, teatro, ensino e pesquisa em artes cênicas. É atriz, palhaça e encenadora.

>> Rodrigo Soares: Bacharel e licenciado em Geografia, com pós graduação Lato Sensu em Psicopedagogo e cursando MBA executivo em Gestão e Sustentabilidade. Foi professor da rede pública e privada nos ensinos médio e fundamental de 2005 a 2010. Propôs e realizou trabalhos voluntários em escolas públicas com foco na cidadania, convivência social e meio ambiente incluindo atividades de artes. É Diretor Executivo da Associação No Ato desde sua fundação atuando também nas áreas de prospecção de projetos, coordenação administrativa e financeira e co-coordenação geral dos projetos e coordenação de projetos ambientais.

>> Walter Lima Torres: Ator, diretor e professor de teatro. Com doutorado em Artes do Espetáculo pelo Instituto de Estudos Teatrais da Universidade de Paris III, Sorbonne Nouvelle. Ele foi coordenador e professor do Curso de Direção Teatral da ECO / UFRJ. Atualmente é professor de Estudos Teatrais no Departamento de Letras Estrangeiras Modernas e do Programa de Pós Graduação em Letras da UFPR.