Em 2010, ano de festa que traz a décima edição do FETO e dos seus doze anos de existência. O festival alcançou sua marca histórica em número de inscritos, atividades e participantes durante os 11 dias do festival. 907 estudantes de 12 estados brasileiros – Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Amazonas, Pará e Pernambuco – inscreveram seus espetáculos do dia 01 de julho a 04 de agosto de 2010. A curadoria do festival ficou a cargo dos profissionais, educadores e pesquisadores – Geraldo Octaviano, Leandro Acácio, Gláucia Vandeveld, Renata Cabral e o ator e diretor Fábio Furtado, que selecionaram 15 espetáculos nas categorias Escola de Teatro e Teatro na Escola:

Escola de Teatro

As Criadas | Cia Teatral Confraria Tambor | Uberlândia/MG

Diário de um Pássaro | Móbile Companhia Circocênica | Belo Horizonte/MG

O Beijo no Asfalto |  Cia Móvel de Teatro Uni-BH | Belo Horizonte/MG

O Homem do Banco Branco e a Amoreira | Minha Nossa Cia de Teatro | Curitiba/PR

O Que fazem as Meninas quando Desabrocham |Grupo Okearô de Teatro Independente | Rio de Janeiro/RJ

S. | Grupo (Montagem) | Rio de Janeiro/RJ

Suave (in) Pura Brancura | Grupo [entre] teatro Dança | Contagem/MG

Teatro na Escola

A Comédia da Esposa Muda | Cia Teatral Solares | Santa Luzia/MG

Confusão Caipira | Grupo Teatral Escóis | Antônio Carlos/MG

Fala Mulher | Grupo Fragmentos | Belo Horizonte/MG

O Casamento da Fia Leiloada | Caderno Teatral Pedro II | Belo Horizonte/MG

Público| Grupo Arteiros | Recife/PE

Quem é Gente Grande? | Grupo de Teatro AnoniMattos | Brasília/DF

TragedioNation! | Abreu a Cena | Belo Horizonte/MG

Um Certo Príncipe | Grupo Brinquedo Torto | Santo André/SP

O Programa Vivo Encena apresentou essa décima edição do festival, que junto com ele foi estabelecida uma ponte amistosa com o projeto ACTO 2, projeto de intercâmbio entre as companhias Espanca! (MG), XIX Teatral (SP) e Companhia Brasileira, que apresentou quatro espetáculos e 3 oficinas durante o FETO 2010. Além destes, o festival ainda convidou três espetáculos dos grupos “Quereres” (SP), Garabateios Investigações Teatrais (MG) e “Cia 5 dabeças” (MG), totalizando assim 22 espetáculos.

A décima edição do FETO ofereceu ainda 9 oficinas, sendo elas: “Paisagens poéticas: o nome disso é rua”, “Práticas de ideias teatrais”, “Culinária cultural”, “Teatro plástico”, “Técnica de impro – um teatro espontâneo e lúdico”, “Dramaturgia e construção da cena”, “Teatro para educadores”, “Montagem de redes” e  “Ator criador” – oficinas oferecidas para diferentes públicos e áreas.

Ações também inéditas nesta edição aconteceram o “Encontro Teatro na Escola”, “Encontro de escolas de teatro” e “Análises dos espetáculos” da categoria Escola de Teatro, ações que contribuíram para o processo pedagógico e formador do teatro nas escolas.  E para juntar mais amigos nessa grande festa, o FETO recebeu a participação de estagiários voluntários dos cursos de teatro da FURB – Fundação Universidade Regional de Blumenau e da UFMG. Para animar essa grande festa, durante os 11 dias do Festival foi realizado um circuito de 10 pontos de encontro pela cidade, em bares e casas noturnas com o melhor da noite da capital. Uau! Como tudo passou tão rapidinho, mas que venha o FETO 2011 e vida longa ao teatro.

Foto: Daniel Protzner

:: Veja aqui mais fotos desta edição.